A quem pertence isto?

Por 1 de novembro de 2018Comportamento, Sexualidade

Pergunte várias vezes isto para ti!

Nossa essência não é para estar tão desgastado, estressado, sem energia…

Como você tem estado diante das dificuldades do dia a dia? Voce entra na onda do outro ou respeita, sem julgamento e começa a dizer: Isto é apenas um ponto de vista interessante!

Experimente! Ao respeitarmos e aceitarmos outras formas de agir, ficamos mais leve, no corpo e na alma.

Assim tem sido comigo há algum tempo, creia que não foi fácil.

Esperar para responder, não interromper o outro, deixar o outro falar depois que você já ouviu e escuta lo de fato, colocar se no lado de lá.

Faça um exercício comigo, o que ficara daqui há 03,5,10,20anos na sua memória? O que mais escuto no consultório são registros de mágoas, então vale a pena ser feliz do que ter sempre razão, a tal da última palavra, o da celebre frase: ah, ele/a terá que me ouvir! Ou ainda: Não levo desaforo para casa. Quanta bobagem que você já ouviu durante tanto tempo!

Vamos destruir e descriar toda forma de intolerância, baixa auto estima, insegurança que você sustentou até agora?

Somos radares e muitas vezes captamos muitas questões que não são nossas, tenha coragem e inicie o processo de barrar tudo o que não é seu, pare de comprar brigas dos outros, em nome da boa intenção, do que parece justo, ou do que justifique sua forma bélica de ser.

Sim,é possível mudarmos tudo o que desejamos para melhor.Se você é o problema e não os outros,se pergunte: Como posso mudar isto ? Existem muitas formas de ajuda lo!

Agora me conta o que você tem feito para co-criar uma nova realidade,como você se ve hoje? Voce tem orgulho da sua história? Como você vive hoje para alcançar um futuro próspero e feliz?

 

 

Deixe um comentário

Secured By miniOrange